06.05.2016

Schindler parceira do Projeto Solar Impulse

Em solo americano, Solar Impulse continua o seu voo à volta do mundo.

Solar Impulse

A Schindler é um dos quatro principais parceiros que se associaram para desenvolver o Solar Impulse, um avião revolucionário que usa apenas a energia solar como combustível. Com a envergadura de um Airbus A340, o Solar Impulse é 100 vezes mais leve e tem como missão fazer uma viagem à volta do mundo, sem combustível.

“A motivação por trás da missão do Solar Impulse é demonstrar que a inovação e um espírito pioneiro podem mudar o mundo. É por isso que a Schindler é um parceiro principal no projeto Solar Impulse, já que partilhamos este espírito de visão e inovação para o futuro. Como fabricante líder mundial de elevadores e escadas rolantes, a Schindler está na linha da frente na forma como as pessoas vêm a mobilidade nas cidades do futuro” refere Thomas Oetterli, CEO da Schindler.

Bertrand Piccard e André Borschberg, pilotos do Solar Impulse, começaram esta viagem épica à volta do mundo em 2015. Após a primeira travessia oceânica e um voo recorde do Japão ao Havai, a segunda metade do voo teve que ser adiada até abril de 2016, já que a aeronave teve necessidade de substituir as baterias.

No dia 22 de abril o Solar Impulse retomou a sua viagem com um voo de quase 63 horas, desde o Hawai até ao complexo Moffett Federal Airfield nos EUA. Esta jornada pela Costa do Pacifico era vista como a mais perigosa das tranches da viagem pela escassez de locais de aterragem de emergência.

Este percurso foi marcado também por uma particularidade com Bertrand Piccard a contatar, através do cockpit, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, no momento em que 175 países haviam acabado de assinar o acordo sobre as mudanças climáticas, em Paris.

No dia 2 de maio, o Solar Impulse ruma a Phoenix, continuando o seu trajeto com pequenas paragens pela América para, a partir de Nova Iorque, fazer a travessia do Atlântico.  Prevê-se que a volta ao mundo do Solar Impulse tenha a duração de 500 horas de voo, percorra 35.000km e aterre em 12 locais. Se o Solar Impulse cumprir a sua missão com sucesso, a sua chegada a Abu Dhabi, destino final, será feita com relativa facilidade.

Visite o website para mais informações sobre o Solar Impulse e acompanhe a sua viagem à volta do mundo.

http://www.schindler.com/com/internet/en/about-schindler/supported-initiatives/solar-impulse-rtw.html#sthash.PUqyn1YZ.dpuf