31.03.2015

A Schindler prepara a sexta etapa da volta ao mundo de avião solar

Com o apoio da Schindler, o avião Solar Impulse 2, desenhado para conseguir o primeiro voo solar à volta do mundo em 2015 sem utilização de combustível, prepara-se para partir para o seu sexto destino. O Grupo Schindler em conjunto com as entidades locais, acolhe os pilotos Bertrand Piccard e André Borschberg num evento institucional em Chongqing na China.

O Solar Impulse 2 vai completar a volta ao mundo num percurso de 35 mil quilómetros e 500 horas de voo, com paragens em 12 cidades. No último troço, entre a Europa e os Emirados Árabes Unidos, os pilotos vão comandar o avião solar ao longo de 5.845 Km, o correspondente a 120 horas, pretendendo alcançar o que nenhum outro avião conseguiu anteriormente: voar sem combustível com um só piloto, durante 5 dias e noites consecutivas sobre os oceanos de um continente ao outro.

A missão é monitorizada a partir do Centro de Controlo (MCC), localizado no auditório Rainer III, no Mónaco, que mantém o contacto permanente via satélite com o avião solar. A aeronave de uma envergadura de 72m e um peso total de apenas 2.300kg, dispõe de um rendimento aerodinâmico e uma eficiência energética superior a qualquer outra concebida até à data. Conta com uma cabine de 3,8m³ e cada um dos seus detalhes foi projectado para que o piloto possa permanecer no seu interior durante uma semana. No entanto, em prol da máxima eficiência energética, a cabine não está pressurizada nem climatizada, o que supõe um desafio adicional para a resistência do piloto.

Visite http://www.schindler.com/rtw/internet/en/home.html e http://www.solarimpulse.com. 

Sobre a Schindler

O Grupo Schindler fundado na Suíça em 1874, emprega acima de 54.000 mil colaboradores em mais de 100 países e é líder mundial em mobilidade urbana, através da concepção, produção, instalação, manutenção e modernização de elevadores e escadas mecânicas. Todos os dias o Grupo Schindler move mil milhões de pessoas em todo o mundo. O Grupo está presente em Portugal desde 1948 e conta com cerca de 450 colaboradores.